terça-feira, 9 de outubro de 2007

R.I.P.

Meu querido Patinho, chegou a tua hora. Agradeço-te os bons momentos que passámos juntos e espero que me perdoes por te ter decapitado. Como homenagem, escavei esta campa onde finalmente descansarás em paz. Até sempre, Bolota.

4 comentários:

Ana Maria disse...

O Cabrão do Cão ama a Loló.

ILG disse...

Bolota Joaquina a combater gripe das aves desde 2003.

Estevão disse...

F..., "R.I.P. Adeus, Patinho. Até sempre Bolota", assim de repente quando li até pensei no pior, como quem diria "R.I.P. Adeus, Panxota. Até sempre Fernão". Mas afinal foi só pelúcia...

Rita disse...

Credo, bate na madeira!